terça-feira, 14 de junho de 2011

13

Ficamos uma noite inteira em busca de significados, críamos sonhos e destruímos ilusões.

Fomos quem melhor sabíamos ser e nada disso pareceu estranho ou invulgar.

O que se passou ali que ainda não entendi? Tudo aquilo ainda me é difícil acreditar, tão perfeitos foram os momentos, tantas saudades já me deixam.

As músicas descobertas levam-me para recordações que queria sem fim, oiço-as como mágicas, encantadoras de sentimentos que julguei perdidos.

Volta, que não te quero mais perder.

1 comentário:

As cartas de Janie disse...

obrigada por partilhares o que escreves, não és egoista ao ponto de o usufruir sozinha, mas de partilhares também com quem vê em ti a beleza que escondes, esta a tua verdadeira reliquia.